Decorando por Luiz Felipe Guterres Machado

Profissão: Designer de interiores

Embora seja recente no Brasil e que só foi regulamentada por lei no fim de 2016, o design de interiores vem ganhando espaço - ou otimizando ele - dentro e fora de nossas casas. O designer de interiores é um profissional capacitado para projetar os mais diversos espaços: interiores, exteriores, comerciais, cênicos e corporativos, levando em consideração funcionalidade, estética e normas técnicas que garantem um resultado satisfatório e adequado.

Para criar um bom projeto, o designer leva em consideração quantas pessoas vão usar o espaço, seus principais hábitos, gostos e características físicas. Depois deste levantamento, é possível definir a iluminação ideal, altura correta das bancadas e armários, disposição de mobiliário e demais itens que, além de tornar a casa um lugar mais aconchegante e funcional para seus moradores e visitantes, evitam problemas comuns como espaços mal aproveitados e móveis mal posicionados, minimizando ainda o risco de acidentes domésticos e problemas de saúde relacionados a má postura.

Esse cuidado se torna ainda mais necessário com espaços cada vez menores, ao projetar uma escola, hospital, casas de idosos e todos os outros espaços públicos que atendam todas as pessoas que possuam ou não algum tipo de mobilidade reduzida ou necessidade especial.

Apesar de todas essas competências, o designer de interiores não possui habilitação técnica para alterar estrutura física, elétrica ou hidráulica dos espaços, por isso a maioria dos profissionais trabalha em parceria com um profissional de arquitetura, para que este avalie e autorize, quando possível, as mudanças.

Ao construir ou reformar, converse com um profissional da área. Ele poderá auxiliar sanando dúvidas de projeto, ajudar a escolher saídas e evitar futuros problemas. O designer de interiores pode ajudar não só com projeto de interiores, como também a diminuir os gastos de uma obra, aliando custo-benefício, economia sustentável e satisfação do cliente.

 

 

Originalmente publicado no Jornal Paverama Em Foco